Jejum

Publicado Em: 26 setembro 2019

Jejum

 

Numa sociedade que preconiza alimentação de 3 em 3 horas, falar de jejum é quase ofensivo e pode gerar até brigas. Mas o Jejum é SIM algo muito bom para a saúde. Em 2016 o Dr. Yoshinori Ohsumi, ganhou o prêmio NOBEL, pela sua pesquisa que comprovou que o jejum propicia a autofagia e  proporciona grande melhora a saúde.

Quando você faz jejum, você descansa o sistema digestivo, ativa o sistema imune, o corpo começa a destruir proteínas velhas e  as recicla (autofagia),  assim como todo o material velho de células que morreram. Seu corpo faz uma limpeza e uma reciclagem, aproveitando velhas proteínas para fazer outras novinhas em folha, e isto só pode resultar em saúde.

O jejum leva a uma  diminuição dos níveis de inflamação no intestino e no corpo todo, diminui os níveis de insulina e leptina, melhorando a resistência insulínica e leptínica, diminui o acumulo de gordura hepática e corporal, reduz a pressão arterial, aumenta o rendimento muscular, aumenta a capacidade cerebral. Os benefícios a saúde são inúmeros. Você não apenas diminui os riscos de doenças, como pode eliminar várias delas.

Como iniciar no Jejum :

Nós já fazemos um período de jejum normalmente, do jantar ao café da manhã. E para algumas pessoas este jejum natural já é de 12 horas.

Mas como o hábito hoje em dia é de jantar cada vez mais tarde e ainda ficar beliscando até a hora de dormir, o jejum esta ficando cada vez menor. E ainda tem aqueles que levantam a noite para comer, o que é péssimo a saúde, pois não faz jejum nunca, ou seja o organismo nunca tem a chance de se restaurar, limpar e reciclar.

Mas vamos lá, se você ainda não faz 12 horas de jejum, comece com este desafio. Ficar 12 horas de jejum, do jantar ao café da manhã. Ou seja se jantar as 20 horas, tome café as 08 horas.

Depois que já tiver conseguido este desafio, parta para 14 horas. Ou seja jante as 20 h e tome café mais tarde as 10h, assim você já terá conseguido 14 horas de jejum. Quando conseguir isto tente o jejum de 16 horas, ou seja , você pula o café da manhã e só vai almoçar. Este tipo de jejum de 16 horas já trás MUITOS benefícios a saúde, 2/3 do tempo você fica sem se alimentar e come apenas nas outras 8 horas.

Tem gente que gosta muito do café da manhã e não quer abrir mão dele. Abra mão então do jantar. Tome café as 8 horas por exemplo e faça a última refeição as 16 horas. O importante é não se alimentar seguidamente por 12, 14 ou 16 horas, incluindo as horas de sono. Este é o chamado jejum intermitente.

Depois você pode continuar evoluindo e fazer 18 horas de jejum, chegar em 24 horas, 48 h e assim por diante. O importante é ir devagar e observando seus limites. E perceber o quanto o jejum faz bem a sua saúde.