Hipotireoidismo

Publicado Em: 12 agosto 2019

Hipotireoidismo

É uma queda na produção dos hormônios da tireoide – a triiodotironina (T3) e a tiroxina (T4). É o distúrbio mais comum dessa glândula, e vem crescendo de forma assustadora. E no meu ver este crescimento tem muito a ver com INTOXICAÇÃO, por flúor, cloro e bromo, os alógenos do IODO.

E por quê? Porque o flúor, cloro e bromo deslocam o iodo de seu lugar e o ocupam, mas a molécula que tem o flúor, cloro e/ou bromo no lugar do iodo é DISFUNCIONAL. Os exames de dosagem de T3 e T4 muitas vezes não mostram a realidade, porque as máquinas que dosam, não distinguem as moléculas certas (com iodo) das disfuncionais com flúor, cloro ou bromo.

Então você pode ter um exame de T3 e T4 normal, mas ainda assim estar com Hipotireoidismo. Os sintomas clínicos são sempre os mais importantes e devem ser considerados SEMPRE, mesmo que os exames estejam normais.

Outra causa do Hipotireoidismo é a Tireoidite de Hashimoto, uma doença auto imune que como toda doença auto imune, começa no INTESTINO. (leia o artigo “Permeabilidade intestinal”)

Os sintomas de hipotireoidismo são:   Sonolência, ganho de peso e dificuldade para eliminar, cansaço, alterações no humor, falhas na memória, pele seca, intestino preso, unhas fracas, queda de cabelo, dores musculares, pés e mãos gelados, sensação de frio excessivo, anemia, alteração na libido, menstruação irregular, desaceleração dos batimentos cardíacos, colesterol alto, e sintomas de depressão. Se você tem alguns destes sintomas mesmo com exames de T3, T4 e TSH normais você pode estar com hipotireoidismo. Um teste simples que você pode fazer em casa é verificar a temperatura basal, que é a primeira temperatura do dia, ao acordar e antes de levantar da cama. Deixe um termômetro ao lado de sua cama e ao acordar verifique a sua temperatura. Faça isto por 5 dias e depois faça a média matemática, ou seja, soma as 5 temperaturas e divide por 5. Esta média deve estar em torno de 36,5. A tireóide tem várias funções no corpo e uma delas é manter a temperatura corporal que deve ser no mínimo 36,5 (porque as enzimas corporais dependem desta temperatura para funcionarem bem).

Se você tem sintomas e a média de sua temperatura basal está abaixo de 36,5, sua tireoide está hipofuncionante, ou seja você está com hipotireoidismo. Ai é preciso verificar qual a causa e tratá-la, ou seja se a causa é auto imune, vamos tratar o intestino, se a causa é intoxicação, temos que desintoxicar e fornecer as matérias primas básicas para sua tireóide produzir o hormônio (nutrir). Apenas quando não temos respostas com estas condutas, ai sim entramos com  a reposição dos hormônios tireoidianos, mas com os bio idênticos.

As x mesmo tomando os medicamentos para hipotireoidismo, a levotiroxina sódica, um sintético da tiroxina (T4), a pessoa  pode continuar com sintomas da doença, porque o corpo precisa transformar o T4 em T3 (o T3 é que é o hormônio ativo, o T4 é um pró hormônio). Para esta transformação de T4 para T3 é preciso certas enzimas que contém Zinco e Selênio, e se estes minerais estiverem baixos, seu corpo não consegue fazer isto e transforma em T3 reverso, que é o hormônio da hibernação,  ai você não perde peso mesmo, por mais que faça  dietas rigorosas.

Como pode ver o corpo é cheio de nuances e tudo esta intercalado com tudo, uma coisa interferindo na outra. Então, não adianta simplesmente dar um remédio, é preciso ENTENDER o que esta acontecendo no corpo e resolver a verdadeira causa que esta por trás dos sintomas.