Modulação Hormonal

Publicado Em: 19 janeiro 2017

Modulação Hormonal

tpm (1)Distúrbios hormonais são muito comuns no mundo feminino, mas na maioria das vezes passam despercebidos. Apenas alterações na menstruação (falta ou excesso), a TPM e a menopausa são consideradas pelas mulheres como tendo causas hormonais.

Mas tem muitos outros sintomas que podem estar relacionados a alteração na produção de hormônios estrogênios, progesterona, ou ainda, ao mau funcionamento das adrenais, são eles: irritabilidade, nervosismo, ansiedade,  alterações de humor,  sentimentos de hostilidade e raiva, depressão, sensação de minusvalia, distúrbios no sono, e aitpm2nda, dificuldade de concentração, dor de cabeça, dor ou aumento da sensibilidade das mamas, retenção de líquidos com inchaço e dor nas pernas, cansaço, baixa libido, desejos por alguns alimentos,  cólicas, aumento de pelos no rosto ou queda de cabelo entre tantos outros.

No universo masculino,  65% apresentam algum tipo de disfunção hormonal.enquete281120131

As disfunções hormonais são decorrentes de diversas etiologias, mas abalam o bem estar masculino, principalmente quando se altera o desempenho e/ou a função sexual.

A disfunção erétil é o distúrbio mais comum do sexo masculino, entretanto, é o menos tratado no mundo. Uma de causas mais frequentes é a diminuição dos níveis de testosterona e/ou de outros hormônios androgênicos (DHEA e DHT), 01casalque podem levar a impotência sexual, perda de ereção, infertilidade, diminuição da libido, redução de massa muscular, queda de cabelos e pelos, além de depressão, problemas cardiovasculares entre outros.

Os níveis de hormônio no sangue representam o conteúdo total de hormônios em nosso corpo. A maioria dos hormônios do sangue, aproximadamente 95%, estão ligados a proteínas específicas – proteínas carreadoras – que as transportam através da corrente sanguínea e que podem ser consideradas como sendo as frações de armazenamento dos hormônios. Os 5% restantes representam os nossos hormônios livres, ou seja, aqueles que estão disponíveis para atuarem imediatamente nas células dos órgãos e tecidos alvo.

Portanto as dosagens hormonais feitas pelo sangue pode nos trazer um resultado não preciso do que esta acontecendo.

euatleta_coluna_guilherme_testosterona_1A saliva contém esses hormônios livres, que podem ser medidos facilmente fornecendo um panorama mais específico daqueles hormônios que estão disponíveis biologicamente para os nossos tecidos, ou seja, prontos para serem utilizados pelo nosso corpo.
A dosagem hormonal na saliva é um instrumento bem mais preciso no ajuste e monitoramento na terapia de reposição de hormônio (HRT), também é mais precisa e correta para detecção e monitoramento no tratamento de Fadiga  Adrenal (“doença do stress”).

O Teste Hormonal Salivar é uma forma precisa e simples para  homens e  mulheres avaliarem os níveis de hormônios. Por ser uma fotografia mais próxima dos níveis de hormônios bio disponíveis, a dosagem dos hormônios esteroides na saliva tem sido cada vez mais utilizada no monitoramento de reposição hormonal, avaliação do stress, programas de acompanhamento do envelhecimento, avaliações endocrinológicas e/ou ginecológicas, medicina esportiva, psiquiatria, nutrição, entre outras.

0.96543400_1384214152_imagem3

Já estou trabalhando com modulação hormonal bio idêntica para homens e mulheres e conto com a experiência do  LEMOS Laboratórios, que nos oferece o exame salivar de perfil hormonal Masculino & Feminino, auxiliando no diagnóstico e na monitoração dos tratamentos.