Perfil nutrigenético

Publicado Em: 19 janeiro 2017

Perfil nutrigenético

dna2Depois que se concluiu o genoma humano, a medicina passou para uma nova fase. No início os exames não eram acessíveis no Brasil e seu custo inviabilizava sua utilização, mas agora já temos laboratórios no Brasil de grande confiabilidade que faz exames genéticos a preços acessíveis.

Por meio desses exames é possível determinar a predisposição de cada pessoa a desenvolver problemas de saúde como diabetes, obesidade e a capacidade de metabolizar nutrientes e de reagir a processos inflamatórios.

genetica

O perfil Nutrigenético surge unindo a genética e alimentação. Dessa forma é possível avaliar seu perfil genético e verificar qual a melhor dieta para você, com base nas variações presentes no seu DNA.

Quem poderia imaginar uns 20 anos atrás que isto seria possível? É incrível a evolução da ciência e da medicina.

O exame para avaliação do Perfil Nutrigenético é realizado a partir da coleta de saliva, método seguro e indolor. Um dos laboratórios que faz o exame no Brasil é o Lemos Laboratório e analisa variações no DNA recorrentes em nossa população.

LEMOSDIET Perfil Nutrigenético avalia um grupo de 60 variações no DNA relacionadas a ingestão de nutrientes e a capacidade de seu corpo metabolizar cada uma delas.

Este exame é uma poderosa ferramenta que pode orientar na escolha da melhor conduta para cada paciente individualmente.

E diante de tantas controversas alimentares, do que pode e não pode, do que é bom ou não para a saúde, agora você já pode saber quais alimentos estão de acordo com a sua genética. Fantástico não?!

O que avalia o exame Lemos diet Perfil nutrigenético:

  • Acúmulo de Gordura e Nível de Saciedade
    Avalia a capacidade de metabolização de carboidratos, predisposição para acúmulo de massa gorda, níveis de saciedade.
  • Metabolismo de Lipídios
    Apolipoproteína A, Apolipoproteína B, Apolipoproteína E, Proteína de ligação de ácidos graxos.
  • Diabetes Tipo 2
    Avalia alterações em genes relacionados ao risco de desenvolvimento de Diabetes Tipo II: genes do fator de crescimento relacionado à insulina, transporte e de secreção de insulina.
  • Resposta Inflamatória, Estresse Oxidativo e Detox
    Avalia a capacidade inflamatória, destoxificante e antioxidante com base em variações nos genes: Interleucina 6, TNF-ALFA, Superóxido Dismutase 2, Catalase, NQO1, Glutationa e EHPX1.
  • Metabolismo de Nutrientes
    Vitamina A, Vitamina B6, Vitamina B9, Vitamina B12, Cálcio, Vitamina D, Magnésio, Sódio e Zinco.
  • Sensibilidade Alimentar
    Intolerância a Lactose, Intolerância ao Glúten, Sensibilidade a Café, Sensibilidade ao Álcool.