Canabis sativa


Canabis sativa

Uma Planta complexa que vem trazendo muita polêmica. Reconhecida como Planta medicinal recentemente pela Anvisa, a Canabis já vem sendo utilizada como medicinal há mais de 5 mil anos, e pela própria homeopatia há mais de 200 anos.

Muitos a conhecem pela sua utilização recreativa e a condenam por isto. Mas é preciso esclarecer algumas coisas: A canabis possui mais de 100 substâncias já detectadas, os chamados CANABINOIDES. Destas mais de 100 substâncias, 2 delas são destacadas o THC (tetrahidrocanabinol ) e o CBD (canabidiol). O THC é a substância psicoativa que dá o “barato” e é a substância que as pessoas querem que tenha em grande proporção quando usam para fins recreativos, e é devido a esta substância que a maconha é proibida no Brasil. Mas a canabis também tem o CBD, a substância que é altamente medicinal e tem tratado e feito verdadeiros milagres em muitas doenças. E acontece também que tem muitos tipos de Canabis, conforme sua composição/proporção de THC e CBD.  Para interesse medicinal a canabis ideal é a que tem baixíssimas  doses de THC que por ser baixas não dão o “barato” e doses mais elevadas de CBD onde está o poder curativo.

Devido ao THC, muito preconceito ainda gira em torno desta planta que tem um potencial terapêutico incrível devido ao CBD. Selecionar a planta certa para extrair dela o medicamento é o início de todo o processo. Mas temos que superar nosso preconceito. Eu mesma demorei um tempo, para superar o meu e  ter coragem para aprofundar nos estudos como estou fazendo agora.

A Canabis medicinal tem ampla indicação em doenças de Parkison, Alzheimer, Autismo, convulsão, câncer, dores crônicas, enxaquecas, asma, ansiedade, depressão, caquexia, fibromialgia, insônia, apnéia do sono, doenças auto imunes, e muitas outras. Isto é possível porque o CBD atua no sistema ENDOcanabinoide.

O sistema endocanabinoide é um conjunto de receptores e enzimas que trabalham como sinalizadores entre as células e os processos do corpo. Neste sistema (batizado em homenagem à canabis, que levou à sua descoberta) é onde o óleo de CBD interage com o corpo humano. Descoberto desde os anos 80, os pesquisadores estão hoje começando a desvendar como os endocanabinoides contribuem com as principais funções do organismo.

Os endocanabinoides e seus receptores se encontram espalhados por todo o corpo, em membranas celulares do cérebro, órgãos, tecidos conjuntivos, glândulas e células do sistema imunológico. Em cada parte do organismo o sistema endocanabinoide executa tarefas diferentes. No entanto, o propósito é sempre o mesmo: a estabilização do ambiente interno independente das variações externas, ou seja homeostase.

Então é hora de refletir, é hora de repensar, deixar o preconceito de lado e procurar saber mais sobre esta medicinal maravilhosa.

A Canabis medicinal é uma realidade, é legal, pode ser prescrita e utilizada em forma de gotas para quem precisa se tratar de alguma doença que ela contempla. Está sendo cada vez mais estudada e utilizada e cada vez mais surpreende com suas ações medicinais.

Maiores informações veja links abaixo.

https://abraceesperanca.org.br

https://www.abracuca.org/